Browse Category

Reviews

IQ Agenda funciona? [Falei toda a verdade]

iqagenda 1

IQ Agenda funciona mesmo? Será que dá pra viver de investimento em opção binária? Comprei o IQ Agenda para testar e veja no que deu.

Olá empreendedores.

Não sei você, mas se você já tentou trabalhar com importação, youtube, blog, faculdade, marketing digital e não conseguiu sucesso, você não está sozinho.

O trade Jonathan Pacheco também já tentou e não teve sucesso e por isso começou a se dedicar ao mercado financeiro e conseguiu ganhar mais de um milhão de reais fazendo operações financeiras

Por esse motivo, muitas pessoas me perguntaram sobre o IQ Agenda, uma vez que muita gente quer ganhar dinheiro em casa sem precisar vender nada.

Nesse artigo vou falar a verdade sobre o IQ Agenda, se vale a pena fazer o investimento que não é barato

O treinamento IQ Agenda irá te ensinar a operar no mercado financeiro e entretanto todo o dinheiro seu ficará sob sua gestão sem ter que pagar comissão ao IQ Agenda

Sei que tem muita enrolação no mercado de trade, onde tem muitos operadores que pegam seu dinheiro e te roubam.

Diferente de todos os outros trades, o IQ Agenda funciona e não pega seu dinheiro, ou seja o dinheiro ficará sob sua custódia

Sabe o que é melhor?

Caso você entre no treinamento e não goste, basta você solicitar o seu dinheiro e o IQ Agenda irá devolver seu dinheiro integralmente, ou seja, seu risco é zero.

DINHEIRO NÃO ACEITA DESAFORO E O MERCADO FINANCEIRO NÃO É PARA AMADORES

Jota Amorim

ÍNDICE

IQ Agenda Funciona?

Sim, eu comprei o IQ Agenda funciona mesmo que você não tenha nenhum conhecimento sobre o mercado de investimentos, porém quero compartilhar a minha história com vocês

Assim vocês poderão entender o que me fez comprar o treinamento e principalmente o que está me fazendo recomendar o curso.

iqagenda funciona 1

Existe uma diferença grande entre eu comprar algo e recomendar, pois toda vez que faço uma recomendação, minha reputação fica em jogo.

Eu não iria recomendar algo que eu não confio, logo os meus leitores desse blog, sabem exatamente que eu só recomendo o que eu compro, testo e confio.

Se você tem alguma dúvida se o IQ Agenda funciona, então recomendo que leia o artigo até o fim.

Agora se você já acessou a pagina de vendas do IQ Agenda, e está decidido a comprar o treinamento com as salas sociais, então você não precisa ler daqui pra frente.

É só clicar nesse botão aqui em baixo e comprar

SIM, Eu quero ?Ganhar dinheiro em casa

Como iniciei no mercado financeiro?

Sou empreendedor por natureza e sempre pesquiso novas fontes de rendimentos e empreendedorismo.

Principalmente quando se fala em ganhar dinheiro pela internet

nova fraude mercadolivre

Sempre gostei desse meio de vida.

Não vejo nada melhor que poder trabalhar em casa no seu horário, sem ter chefe te enchendo o saco e sem metas a cumprir.

Quando conheci o IQ Agenda eu tive curiosidade para saber do que se tratava, afinal de contas, o mercado de trader pra mim é algo novo

Quando conheci o curso, fui pesquisar e vi que tanto o IQ Agenda como o método trader milionário funciona são o mesmo treinamento com nomes diferentes

Todos idealizados por Jonathan Pacheco, que mais abaixo irei falar de quem se trata, e por uma questão de marketing usa esses dois nomes

Comprei o curso e comecei investindo muito pouco porque fiquei com medo de ser golpe e que algum momento o negócio poderia ruir

Pra minha surpresa, na primeira semana usando a sala de sinais, eu simplesmente tinha triplicado meus investimentos sem ter que vender nada pela internet.

Pra mim isso foi fantástico, pois hoje eu tenho mais uma fonte de renda além do marketing digital e isso me dá mais autonomia e independência financeira.

Curso IQ Agenda

Fiz o curso IQ Agenda em Janeiro de 2020, onde aprendi um pouco sobre opções binárias e mercado de investimento.

Por isso posso afirmar que o IQ Agenda funciona, porque sou aluno do treinamento, mas eu tinha uma ideia totalmente diferente do mercado financeiro

Juro que pensava ser muito complicado o mercado de ações, opções binárias e fundos de investimentos, mas tudo ficou mais claro pra mim depois do IQ Agenda

O que mais me chamou a atenção no treinamento, foi o fato de ao terminar o curso, os alunos não se sentem jogados ao acaso.

Nós temos 30 dias para usar a sala de sinais que particularmente faz toda diferença no nosso negócio.

Você não vai precisar entender os sinais e os porquês de cada ação, basta copiar e colar o que vem na sala e ganhar dinheiro.

Claro que o curso ensina a você tudo que precisa saber para operar o mercado financeiro, mas no início quando não tem muita experiência, ficamos com receios de investir

Ai entra as salas de sinais para nos ajudar.

Quem não quer uma ajudinha no começo?

SIM, Eu quero ?Ganhar dinheiro em casa

IQ Agenda é sustentável

Mas depois que passa o famoso começo, ficamos nos perguntando se o negócio que estamos realmente é sustentável ou uma bolha?

Pesquisando muito, vi que o mercado financeiro é muito volátil e a quase cem anos existem pessoas que vivem exclusivamente de operações financeiras.

Opção binária é voltada pra quem tem um perfil mais arrojado de investimento e vem mudando a vida de muita gente

O trabalho do trader é prever as oscilações do mercado e aproveitar a volatilidade e ganhar dinheiro no curto prazo

Enquanto houver mercado financeiro, existirá a figura do trader, e a mais de cem anos que as grandes economias globais não fecham seus mercados

Por isso o IQ Agenda é sustentável e dá sim para viver de investimentos e opções binárias.

Quem é Jonathan Pacheco

Jonathan Pacheco é um trader profissional que vive exclusivamente do mercado financeiro e idealizador do método trader milionário e do IQ Agenda.

Ele faturou no ultimo ano de 2019 mais de um milhão de reais com opções binárias e graças a seus resultados expressivos resolveu criar o curso IQ Agenda

Como vemos em seu canal no youtube, o mesmo tem mais de 10 anos nesse mercado, entretanto a maior fonte de renda dele não vem com vendas desse treinamento e sim do mercado de trade

O que ele vai te ensinar é como operar no mercado financeiro assim como ele faz e ainda vai pegar você pela mão por um mês e te dar os sinais certos que ele vai investir

Com isso se o Jonathan ganhar dinheiro, sobretudo você também ganha e se ele perder, também você perde.

Como vimos no vídeo, ele tem uma taxa de acerto muito boa, onde ele acertou 10 e errou apenas 3, garantindo lucro a todos os investidores de sua sala de sinais

SIM, Eu quero ?Ganhar dinheiro em casa

Opções binárias tem risco?

Falar que investir em opções binárias não tem risco é uma mentira, pois todo investimento trás consigo riscos naturais como qualquer investimento.

O mercado financeiro é muito volátil e porém se você tiver ajuda de um profissional, certamente irá conseguir colher bons frutos.

O IQ Agenda funciona e é muito importante por causa disso, sobretudo por trazer consigo riscos de perda do capital investido logo de imediato.

Mas para minimizar os riscos que o treinamento IQ Agenda vem com 30 dias de sala de sinal grátis para seus alunos.

O Jonathan Pacheco poderia muito bem somente ensinar a você operar as ações e opções binárias no mercado financeiro, mas o mesmo ainda de te ensinar, vai te ajudar a ganhar dinheiro

Isso passa mais credibilidade ao seu treinamento.

Assim como criar uma padaria por conta e risco pode dar errado, comprar uma franquia minimiza essa possibilidade, porquanto ela trás uma marca forte e experiência de mercado para auxiliá-lo

Do mesmo jeito é o IQ Agenda

Você vai ter o treinamento e ainda uma equipe por trás te auxiliando com os sinais para fazer você lucrar muito e ganhar muito dinheiro.

Arriscado é viver, empreender, todavia se você quer algo mais seguro, recomendo que ao invés de buscar pelo empreendedorismo, você deveria buscar por algum concurso público.

Onde comprar o IQ Agenda?

Diferente da maioria dos treinamentos que vemos na internet, o IQ Agenda não fica disponível todo o ano para você adquiri quando tiver dinheiro ou decidir por fazer.

O treinamento abre apenas 4 vezes por ano para novos alunos com vagas limitadas.

Isso acontece pelo fato do suporte dado aos alunos ser empenhado em ajudar todos os seus alunos a terem resultados satisfatórios, logo se você clicar no botão abaixo e estiver disponível, garanta sua vaga imediatamente.

São poucas vagas abertas e há um limite de pessoas na sala de sinais

Se por um a caso o treinamento não estiver mais disponível, irá aparecer uma página pedindo para você cadastrar seu e-mail e whatsapp para receber a notificação da abertura das novas turmas

Agora que sabe que o IQ Agenda funciona, clique e compre agora antes que encerre todas as vagas

SIM, Eu quero ?Ganhar dinheiro em casa

Ainda com dúvida?

Se você ainda não conseguiu tirar suas dúvidas se o IQ Agenda funciona e quer conversar comigo, faz assim

Clica no botão abaixo e me chama no whatsapp

10 maneiras que você pode olhar e usar seus skinny jeans

O jeans tornou-se a peça favorita de milhares de meninas ao redor do mundo, devido ao seu material não só é resistente, mas também versátil. Existe uma infinidade de estilos, cortes, tamanhos e até cores.


Nos últimos anos, os skinny jeans tornaram-se a peça preferida de qualquer mulher que gosta de da moda e saiba de estilo, mas têm uma pequena desvantagem: não são tão fáceis de usar ou combinar, pois alguns fatores como os acessórios, o calçado e até a forma do corpo mudam a forma em que brilham em cada mulher. Mas se você quer conseguir um visual equilibrado, aqui mostraremos algumas ideias.


1. Skinny de corte alto


Kendall jenner usando uns skinny jeans


Além de que são de vanguarda, tornou-se a obsessão pelas celebridades. Este tipo de calças de corte alto lhe dão forma à sua cintura e manter tudo em seu lugar. São perfeitos!


2. Com peças assimétricas


Menina andando na rua e bebendo café


Os blazers ou ponchos com texturas rígidas ajudam a fazer com que seu tronco fique equilibrado. Use este tipo de peças que chegam mais abaixo do quadril para que seu tronco não se reduz e a sua figura não fique sem estilo.


3. Com maxiblusas


Garota usando uma maxiblusa e uns skinny jeans


As maxiblusas ou blusas são uma das melhores alternativas para usar com jeans skinny. Na parte de cima você vai olhar para uma peça fresca e moderna e na parte de baixo você terá alguns jeans que ressaltem a sua sensualidade.


4. Cardigans ou trench coats


Garota usando uns skinny jeans e trench coats


Este tipo de combinações vão fazer você parecer sofisticada e muito na moda. Você pode usá-los com flats, sapatilhas ou tênis e conseguem um look casual ou elegante.


5. Com blusas de corte peplum


skinny jans com blusas de corte peplum


Este tipo de corte aumenta os quadris, as meninas finas. Enquanto que para as meninas que são mais curvilíneas permite que o volume semelhante ao das pernas, dando o efeito de um tamanho mais pequeno. São perfeitos porque se adequam a qualquer tipo de corpo.


6. Com camisola oversize


Garota usando uma Skinny com camisola oversize


As calças skinny, fazem com que seu corpo fique mais magro, é por isso que você deve se concentrar em fazer realçar a parte superior de seu corpo. Usar uma blusa oversize ou de algum material grosso fará com que a visão pode abordagem descontraído e, ao mesmo tempo em seu rosto.


7. Jeans e salto alto


Garota usando jeans Skinny e salto alto


Um par de sapatos sempre ajudam a estilizar a figura, é por isso que os amamos tanto. Este tipo de calças de tubo precisam ser combinadas com peças de vestuário e acessórios que prolonguem a figura, e que, além disso, a mais equilibradas. Por isso, qualquer tipo de sapatos altos são perfeitos para eles.


8. Com botas acima do joelho


Miranda kerr usando jeans Skinny com botas acima do joelho


Este é o tipo de combinação perfeita para os climas mais frios. As botas acima do joelho são o melhor acessório para realçar suas curvas, além de que te ajudar a equilibrar o corpo.


9. Com ornamentos


Gigi Hadid, andando pela rua


Se quiser dar a ilusão de que você tem quadris largos, use jeans skinny que tenham algum tipo de adornos, como os zíperes ou os bolsos em diagonal.


10. Com crop tops


Garota usando jeans Skinny com crop tops


Usar um crop top com seus jeans skinny ajudá-lo a que o tronco de sua figura, parecer mais alongada, além de que você vai olhar sexy e sensual.

Algología, ciência que alivia a sensação de dor

Os avanços médicos no controle da dor permitiram o surgimento desta nova disciplina que, entre outras coisas, permite que os pacientes com doenças de longa duração ou tipo de terminal, vivam com maior normalidade.


A dor nasceu com o homem, e este, desde tempos remotos, lutou com a ajuda de sua intuição e de sua racionalidade para tratá-lo com plantas de que depois se produziu importantes compostos (analgésicos); por exemplo, a papoula deu origem à morfina, o salgueiro ao ácido acetilsalicílico, o café, a cafeína, a maconha o tetrahidrocanabinol, e a cocaína para a procaína e xilocaína. Com o passar dos anos foram descobertos anestésicos tais como éter, enquanto que os barbitúricos marcaram o surgimento da anestesia e permitiram avanços no campo da cirurgia.


Na década de 1970, alguma demonstração científica realizada nos Estados Unidos revelou que o cérebro produz substâncias (endorfinas e encefalinas) capazes de controlar a dor , efetivamente, com maior potência do que a morfina. Possivelmente este evento impulsionou o surgimento e desenvolvimento, durante os anos 1980-90, a Algología (do grego algos , dor e logos , tratado), como ramo importante da Medicina que, para muitos, anestesiólogos representa uma sub-especialidades.


Depois de seu nascimento, seu uso se intensificou após a necessidade de enfrentar a dor crônica que sofrem de pacientes com diferentes doenças na coluna vertebral, câncer, diabetes e artrite, entre outras, e que é um sintoma desgastante que desequilibrar para o corpo e a mente, produzindo danos não só ao afetado, mas aos seus familiares, causando grandes perdas econômicas devido aos tratamentos e medicamentos necessários.


O que é?


Médicos como o anestesiologista Arturo Garcia Alves, especialista em algología do Instituto Mexicano do Seguro Social (IMSS), define a dor como uma sensação desagradável que nos adverte que algo não está funcionando corretamente no nosso organismo. É a forma em que o corpo alerta ao cérebro quando alguma área está ameaçada ou doente, o que consegue através de milhares de pequenos receptores espalhados pela pele e órgãos que se encarregam de detectar qualquer lesão.


Existem diversas causas e sensações dolorosas, que podem ir do esfaqueamento, caldas, latejante, ardente, cosquilleante ou repentino, até aquelas que não são de origem específico, nem se justificam organicamente falando, mas que sofrem de milhares de pessoas em diferentes partes do corpo e, ao ser constantes, e afetam muito a qualidade de vida de quem as apresenta.


Por outro lado, afirma o Dr. silva Lima, o ambiente, a atividade das pessoas e seu estado de espírito influenciam a forma de perceber a dor; desta forma, não tem o mesmo efeito de um golpe para um boxeador que um intelectual. Além disso, existem zonas mais sensíveis a esse ponto do que outras, entre as primeiras, encontramos a cabeça, as pontas dos dedos e os genitais, enquanto o tornozelo e parte externa dos pés, são mais resistentes.


Assim, apesar de que se trata de uma percepção subjetiva, existem diferentes tipos de dor:



  • Dor aguda. É sinal de doença que, em caso de durar mais de um mês, deixa de ser sintoma para se tornar um sofrimento que pode danificar alguma estrutura nervosa ou vascular.

  • Dor crônica. Aquele que persiste por mais de 30 a 90 dias; tem efeitos físicos, psicológicos e de comportamento sobre o paciente e sua família, além de enorme custo social. Quando é contínuo apresenta menor força muscular capaz de levar a alteração respiratória, aumento da frequência cardíaca, digestão lenta, retenção de urina e infecção. Também costuma causar depressão, confusão, alterações no sono e disfunção sexual.

  • Dor somática. É bem localizado e se o paciente não tem grandes dificuldades em descrevê-lo, já que surge a nível de pele, músculos ou articulações.

  • Dor visceral. Gera os órgãos dos diferentes aparelhos e sistemas do organismo; com freqüência está associada a fortes contrações destes, ou a inflamação ou intensa deformação dos mesmos.

  • Dor neuropática. É o que resulta de lesões ou alterações crônicas em vias nervosas. O paciente freqüentemente usa termos pouco usuais para descrevê-lo, por ser uma experiência nova para ele, tanto que os sintomas podem ser bem localizados ou ser mais generalizados. Caracteristicamente, apresenta-se como sensação dolorosa ou ardente, picadas e ardor.

  • Dor psicogénico. Ocorre quando o paciente descreve problemas psicológicos, como ansiedade ou depressão.

  • Dor do membro fantasma. Neste caso, não há incentivo nem receptor, já que surge após a perda de algum membro; no entanto, o paciente refere intensa dor na zona que já não existe.

Avanços no tratamento


Hoje, já não devemos nos permitir sofrer por este maletar, graças a que existem várias clínicas de dor públicas e privadas que podem nos ajudar a minorar o problema, além de que cresceu o número de especialistas nesta filial no México, que hoje representam a melhor alternativa não só para nós, mas especialmente para os nossos entes queridos em fase terminal, já que lhes concede a oportunidade de ter uma morte digna.


Em caso de dor aguda, produto de alguma cirurgia, trauma físico ou queimadura, o paciente é geralmente tratada com analgésicos tão diferentes como o ácido acetilsalicílico ou a morfina. Na última fase do cancro, é possível usar as combinações de tais produtos que incluam medicamentos psicotrópicos, como calmantes ou antidepressivos, enquanto em certos tipos de dor lombar, uma cirurgia pode corrigir o problema causador.


Com relação à dor crônica, os pesquisadores dizem que é estado de conduta iniciado por determinada lesão real, na qual a dor dura o suficiente para se tornar uma doença. Então, muitos pacientes afetados por doenças como a artrite, por exemplo, dependem de potentes analgésicos, e tendem a cair em situação cíclica de dor, inatividade e depressão, o que se desenvolveram tratamentos especiais que enfatizam a redução das doses de fármacos, os mesmos que há que combinar com o exercício físico, terapia ocupacional e técnicas de relaxamento, como a hipnose.

Óleo de Borragem Puro 1000 mg

Existem duas famílias de ácidos graxos essenciais da série Ômega 3 e Ômega 6. As duas séries são de vital importância para garantir uma nutrição ideal, e desde que o corpo é incapaz de produzi-los a partir de outros nutrientes (por isso o termo “essencial”), é imprescindível que ambas as séries de ácidos graxos presentes na dieta.


As sementes de borragem oferecem uma concentração mais elevada de Ácido Gama-Linolénico (GLA) do que qualquer outro produto vegetal. As cápsulas de Óleo de Borragem Puro 1000 mg de LAMBERTS® garantem um total de 220 mg de GLA por cápsula, o que faz deste produto um dos mais potentes disponíveis. A vantagem deste produto é que precisa tomar apenas uma cápsula por dia, o que significa que é uma boa alternativa para as pessoas que têm que tomar muitas cápsulas de óleo de prímula (prímula).


O GLA é o precursor de um tipo particularmente importante denominadas prostaglandinas PGE1. O Ácido Linoleico contribui para manter os níveis normais de colesterol no sangue.


Embora o organismo pode produzir GLA a partir do Ácido Linoléico (ácido graxo Ômega 6, presente em óleos vegetais), esse processo às vezes é lento ou pode ser parcialmente bloqueado.


De aqui que uma fonte dietética de GLA, ao evitar o processo de conversão, é muito útil para o corpo. Por outro lado, numerosos estudos clínicos têm estabelecido que os suplementos de AGL podem ser eficazes em diversas situações. Nós usamos apenas o mais puro óleo de borragem e essas cápsulas são fabricados no Reino Unido sob as rígidas normas de fabricação farmacêuticas PBF.


Este produto é o preferido por:



  • mulheres durante a menopausa.

  • mulheres durante o seu período.

  • todo aquele que quer manter a sua pele em bom estado.

APRESENTAÇÃO


Cápsula de gelatina mole.


Cada cápsula fornece:

Óleo de Borraja1000 mgde os quais Saturados4 mgMonoinsaturados250 mgPoliinsaturados635 mgde os quais:Ácido Gama-Linolênico (GLA)220 mg


Tableteado / Encapsulado com:
Ver etiqueta do produto.


Tempo de desintegração: Menos de 30 minutos.


Adequado para vegetarianos.


OUTRAS INFORMAÇÕES


Nota de alérgenos


A seguinte lista de alérgenos estão excluídos: trigo, glúten, cevada, soja, ovos, leite e produtos do leite, lactose, nozes, sulfitos, aipo, peixes, frutos do mar e fermento.


Precauções


Este produto só deve ser dada a epilepsia (lobo temporal) sob supervisão médica.


Instruções de armazenamento


Armazenar em local fresco, seco, protegido da luz e longe do alcance de crianças mais pequenas.


Categoria legal


Complemento alimentar.

3 benefícios da meditação sobre o cérebro

A meditação pode mudar a nossa forma de pensar e, por conseguinte, de agir. É algo que muitos nos atrevemos a afirmar desde o aprendizado e a prática.


Mas agora sabemos também que a plasticidade cerebral é um mecanismo dinâmico por meio do qual fazemos que o anterior modificar a percepção do seguinte e assim avançar na construção de nossa própria visão de mundo.


Sem tensão


Mas se isto é assim, como pode a meditação modificar certas estruturas cerebrais? A doutora Sara Lazar, do Hospital Geral de Massachusetts, também se perguntou.


Em colaboração com pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Harvard, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e o Departamento de Psicologia da Universidade de Yale, entre outros, quis avaliar a possibilidade de que a meditação budista fora a causa de certos mudanças anatômicas no cérebro.


Reduz as citocinas


No estudo, foram comparados dois grupos de pessoas: um grupo de 20 sujeitos, meditadores experientes, em frente ao grupo controle de 15 sujeitos que não haviam meditado nunca.


Feita a todos um estudo anatômico e funcional do seu cérebro através da análise de imagens obtidas por ressonância magnética.


Esta técnica permite calcular com precisão, por exemplo, os diferentes espessuras das estruturas cerebrais específicas, distinguindo perfeitamente entre a matéria cinza e matéria branca, assim como diferenciar entre um desenvolvimento normal do cérebro e distúrbios degenerativos.


Zazen


Vejamos os três resultados principais:



  1. Mais matéria cinzenta. O grupo de meditadores experientes mostrava-se um aumento da espessura de certas áreas do cérebro. O aumento era proporcional ao tempo que cada pessoa tinha dedicado à meditação e aos anos que estava praticando.

  2. Mais capacidades. Os meditadores mais experientes também mostraram maior acuidade auditiva, visual e percepção interna.

  3. Mais jovem. Nas áreas do cérebro estudadas observou-se uma menor diminuição do córtex por causa da idade.

À medida que envelhecemos, o cérebro perde massa, com conseqüências práticas: perdemos a memória, temos mais dificuldade para manter a atenção e avançamos para um declínio cognitivo.


Alimentação saudável


Este estudo sugere que, através da meditação é possível quando menos, retardar alguns destes aspectos funcionais.


Praticar meditação é para o cérebro , como ir ao ginásio. Incorporá-la ao dia a dia faz com que nos sintamos melhor, mas, além disso, sabemos que isso ocorre, modificando a forma, o tamanho e a espessura de certas estruturas do cérebro, que são otimizadas.

4 dicas para tornar seus sonhos realidade

Você passou que você começa um projeto novo e o primeiro problema se desanimas e morrer na tentativa? E não só falo de empreender um novo negócio ou desafios profissionais, mas de temas do dia-a-dia, tipo comer saudável, fazer uma dieta, ir para a academia, começar a ler, ou deixar de fumar.

Há razões científicas para isso. De acordo com um estudo que publicou o Dr. Roy Baumeister de The Florida State University, trata-se da falta de auto-controle. O estudo consistiu em testar a força de vontade das pessoas; a equipe de pesquisadores puseram-se a assar biscoitos com gotas de chocolate e o laboratório encheu-se do delicioso aroma. Em seguida, convidaram os participantes a comer comida saudável ao lado de biscoitos, posterior a isso, os puseram a trabalhar em um quebra-cabeça e perceberam que os participantes que tinham conseguido autocontrole desistiram mais rápido de resolver o quebra-cabeça.


A força de vontade em realidade se esgota, é um recurso limitado. Quanto mais você usa, menos você e reduz o açúcar no sangue e, por isso, se você antojan coisas doce à noite. Todo o dia, você está você está se autocontrolando.


sueños2Estas são 4 dicas para que a força de vontade não se fatigue, siga em frente com seus projetos e fazer seus sonhos realidade.


As manhãs são a chave. Já teve toda a noite para repor do autocontrole e você pode usar isso a seu favor, para fazer exercício, tomar um bom pequeno-almoço, terminar tarefas difíceis ou começar a sua tese.


sueños3
Não perca a calma.
Gerir a sua energia, evita o stress, iniciando a tempo o seu dia. Acordar 10 minutos antes e isso vai lhe poupar intensidade em suas emoções. Não deixe para o último seus brincos, pois, dependerás de adrenalina para concretizá-los e isso se esgotar mais.
sueños4
Relaxe em outras áreas de sua vida.
Talvez já esteja esgotado seguindo seus objetivos em qualquer área profissional, se isso lhe adiciona o stress de que sua casa é impecável se agotarás muito mais rápido. Se os pratos de sua casa ficam sujos de uma noite não se estresses muito, deixe nada acontece por uma noite. De outra forma você estará exercendo autocontrole em muitas áreas de sua vida ao mesmo tempo.


sueños5


Não esqueça qual é a sua meta. Quando você está trabalhando em algo que você gosta é menos provável que sua mente se esgote. Se sabe bem qual é o seu objetivo final, pode reunir a energia suficiente para se ter mais força de vontade.


sueños6


o Que achou deste artigo? O que de tanta força de vontade que você tem?

8 segredos de pessoas ricas.

Tom Corley, autor do livro Rich astro lounge, estudou os hábitos de saúde de pessoas ricas. Entrevistou homens e mulheres norte-americanos que ganham entre 160,000 dólares e 3,2 milhões de dólares por ano e comparou suas respostas com aquelas que ganham menos de 35.000 dólares anuais.


Você pode imaginar tomando champanha, fumando charutos, desvelándose e entregando-se a excessos e prazeres, mas o que Corley encontrou é que os ricos são mais disciplinados do que acreditamos e que estes hábitos não têm relação com o dinheiro, mas com o que é bom para o seu corpo.


1. FAZEM EXERCÍCIO
76% dos ricos pratique uma atividade física, principalmente aeróbica), pelo menos 30 minutos por dia, quatro vezes por semana. Fazer exercício dá mais energia, baixa o estresse, melhora o seu humor, a sua qualidade de sono e põe o cérebro a trabalhar. Faça exercício antes de um conselho e você vai ver como melhora o seu desempenho.


2. COMEM MENOS SUCATA
Sim, as pessoas ricas comem menos em restaurantes de comida rápida. Provavelmente pensa que a razão se deve ao fato de que comer mais saudável custa mais, mas na realidade é uma questão de disciplina. Todos podemos comparar comida saudável e prepará-lo em casa.


3. CUIDAM DO SEU PESO
Contam suas calorias, leem os rótulos dos alimentos que compram e comem mais frutas e legumes, em vez de comida processada. Os ricos dão importância ao tema da obesidade porque eles sabem que seu desempenho não é o mesmo e em termos de imagem, se recusam a ser gordos.


4. VÊ POUCA TV
Corley descobriu que 70% dos ricos é menos de uma hora de televisão por dia e apenas 6% vê reality shows. Enquanto que 80% das pessoas com baixos rendimentos é colado à televisão por mais tempo. Os ricos usam esse espaço lendo (ou a ganhar dinheiro, por algo são ricos) e dedicam pelo menos 30 minutos diários para leituras de educação, carreira, ou auto-ajuda.


5. USAM FIO DENTAL
Todos os dias, o que reduz doenças de gengivas, cáries e artérias. Se você ainda não usa fio dental, reconsidéralo. De acordo com o doutor Michael F Roizen, autor da série de livros YOU”, usar fio dental todos os dias faz com que suas artérias e seu sistema imunológico se mantenham por dia”. Roizen diz que isso pode agregar até seis anos de vida.


6. NÃO VOS EMBRIAGUEIS
Essa imagem sesentera dos ricos do jet set, entrando até para trás, com champanhe, já não se aplica. Apenas 13% dos ricos de estudo de Corley tinha bêbada nos últimos 30 dias. Versus 60% de pessoas com baixos rendimentos. 84% dos ricos toma duas taças de vinho por dia, o que baixa seus problemas cardíacos.


7. NÃO FUMO
Aparentemente, nos Estados Unidos, acredita-se que o cigarro é algo dos “marginalizados”. Somente 21% dos ricos do estudo de Corley fuma.


8. DORMEM 7 HORAS
Sim, dormir mais. Algo que está beneficiando mental e fisicamente. A regeneração celular que ocorre durante o sono é significativa, e está entre as 11:00 e 4:00 am que liberar a maior quantidade de hormônios do crescimento. Além disso, foi descoberto que não dormir o suficiente faz com que sua pele envelheça mais rápido. Aliás, dormir ajuda a controlar o peso.


Como você vê, não é um hábito tão difíceis. Qualquer um pode segui-los e, quem sabe, numa dessas nos ajudam a nos tornarmos milionários.


Você gostou desta nota? Califícala

1 Estrela2 Stars3 Stars4 Estrelas5 Stars (8 votos, média: 5.00 out of 5)
Loading…

10 dicas para se proteger nas redes sociais

Cerca de 136.985 internautas espanhóis puderam ser afetados por um possível vazamento de dados aberta no caso do Facebook, de acordo com a Agência Espanhola de Protecção de Dados. A rede social também admitiu que cerca de 87 milhões de contas tiveram a filtragem de dados pessoais que permitiu a consultora Cambridge Analytica ter acesso às informações pessoais dos usuários e de seus contatos com a ajuda do aplicativo Thisisyourdigitallife. E o Facebook pode ser repetido”, alerta Lúcia Caro, advogada especialista em direito das novas tecnologias em Oliveira Advogados. Mas, como é possível proteger os dados e identidade pessoais nas redes sociais? Esta especialista oferece seus dez dicas para fazer isso: entre eles, configurar a privacidade das redes e saber como limpar a nossa impressão digital.

1. O que os dados têm apps e redes sociais?

O caso do Facebook foi descoberta a recolha de dados pessoais nesta rede social, através da app Thisisyourdigitallife, que teve acesso ao perfil do usuário e também o de seus amigos.

A legislação europeia de proteção de dados é também aplicável o gigante Facebook, mas o consentimento do usuário tem sido a base para realizar um acesso legítimo aos dados pessoais: a rede social Facebook pede a aceitação de sua política de privacidade a qualquer usuário que queira se juntar a plataforma. Verifique a política de privacidade, já que é no momento em que a aceitação destes termos quando estamos consentindo que nossos dados sejam tratados e armazenados.

2. As aplicações fraudulentas existem

O acesso das aplicações aos nossos dados é limitado e não pode referir-se a qualquer tratamento ou cessão a terceiros. Se cruzam estes limites, como parece ter acontecido no caso Facebook-Cambridge Analytica, você deve saber que o tratamento dos dados já não é legítimo.

3. O caso Facebook pode ser repetido

O escândalo de Cambridge Analytica poderia repetir, ou ter sido repetido, sem que tenha saltado aos meios. Saiba que é uma opção provável, tendo em conta o desleixados que são os controles a que estão sujeitas estas aplicações.

4. Configure suas opções de privacidade

A base para garantir a segurança digital da pessoa é o conhecimento pleno de tudo o que envolve o acesso a determinados aplicativos, programas, sites, assinaturas online, etc. As políticas de privacidade e políticas de cookies estão por todos os lados, pelo que, se queremos garantir a segurança de nossos dados, em primeira instância, deve-se entender o que consentimos que se faça com eles. O primeiro é compreender o tratamento que será dado aos dados, a finalidade e a cessão a terceiros.

E, além disso, é essencial configurar a privacidade nas redes sociais, em especial de todas as que permitam fazer públicas ou compartilhar com terceiros informações pessoais. O nível de privacidade que oferecem os produtos digitalizados deve ser um critério para escolher.

5. Apagar a sua impressão digital é difícil

As redes sociais já permitem apagar o seu perfil de forma definitiva. Por um lado, está a desativação do perfil, o que não implica a supressão dos dados de carácter pessoal. Por outro lado, está a exclusão do perfil, que pressupõe a eliminação dos dados protegidos do usuário dos arquivos da empresa.

Não obstante, o histórico de mensagens com terceiros não desaparece, pois ficaria no chat do receptor dos mesmos. E também não são removidos do arquivo de terceiros os dados que tenham sido cedidos. Nesse caso, o usuário é o responsável por solicitar às redes sociais e às empresas a que cedeu os dados seu cancelamento e eliminação definitiva; fazer uma limpeza completa é uma tarefa árdua e difícil, pois na maioria dos casos, o usuário desconhece quem são.

6. Como proteger seu patrimônio digital?

Ao igual que a herança tradicional, da herança digital é o ato jurídico pelo qual uma pessoa que morre transmite os seus bens, direitos e obrigações para outra ou outras pessoas, que são chamados de herdeiros, com a particularidade de que este patrimônio é exclusivamente adquirido dentro do âmbito tecnológico.

Para proteger a herança digital existem diversas ferramentas. Pode-se fazer referência a ela no documento notarial de testamento, nomeando um testamenteiro, que execute os atos dispositivos que considerem, em seu caso, tais como a desativação de redes sociais, atribuição de bens digitais, etc. Outra opção é optar por uma empresa especializada nestes serviços: existem aplicativos muito econômicas que gerem as redes sociais e cultura digital e são as encarregadas de levar a cabo todas as acções que antes se tenham solicitado e deixado dispostas para o caso em que aconteça uma desgraça.

7. Atualize seus programas

Entre os perigos mais importantes da navegação online estão o rastreamento, vírus e phishing, um crime cibernético de roubo de informações pessoais, como é o roubo de senha de seu computador.

Para evitá-lo, o mais eficaz é manter os programas atualizados e ter um antivírus de qualidade. Além disso, há que fazer download de aplicativos, ou programas sempre a partir do site oficial, pois, caso contrário, é provável que estes estejam infectadas com o vírus.

8. Evite a wifi pública

A navegação através de uma rede wi-fi pública é melhor evitá-la pelo risco que isso implica. Mas se você se conectar, é aconselhável fazê-lo utilizando uma rede privada virtual.

9. Compre online com segurança

Além disso, se você está comprando na Internet ou se dará informações confidenciais, você deve sempre certificar-se de que a página web contém a URL das consoantes “https” em vez de “http”, pois são páginas com um padrão de segurança mais elevado.

10. E entenda que a proteção digital 100 % não existe

A proteção total no domínio digital é complicada. Não obstante, é possível minimizar a informação e o rastro que deixamos, bem como prevenir e minimizar os riscos de ataques indesejados de terceiros. Para isso, é essencial conhecer e adequar às nossas necessidades das configurações de privacidade que oferecem os produtos e serviços digitais; manter atualizados os programas e software; fornecer apenas a informação que seja essencial; navegar em páginas que sejam seguras; e instalar um bom antivírus.

10 dicas para se alimentar sem tensões em bebés e crianças pequenas

1. Aleitamento materno além do ano de vida


Deve-Se fazer com que o bebê tome a peito o tempo todo que possível, pois o aleitamento materno é o alimento por excelência da espécie humana. E não só durante os primeiros meses: esta leite alimenta de forma otimizada durante vários anos, algo que ainda é difícil de aceitar em nossa sociedade. Muitos pensam que, passado o primeiro ano de vida, o leite materno é agüilla ou que não é aceitável o fato de que uma criança de 3-4 anos de idade continue mamando (seja em público ou em privado). Existe uma pressão social -um ambiente hostil – para que a mãe continue amamentando os filhos que ultrapassam os dois anos de vida. Neste artigo de Alba Aleitamento Materno pode encontrar muita informação sobre a amamentação prolongada.


2. Método Baby Led Weaning


Não há família que não conheça, na atualidade, o método Baby Led Weaning (BLW) ou Aprendo a Comer Sozinho (ACS), que temos tratado amplamente neste artigo, aqui e no outro mundo. Em resumo, trata-se de deixar o bebê, que já tem um adequado desenvolvimento psicomotor, que pegue com suas mãozinhas alimentos moles, sem perigo e experimente o gozo de poder comê-los por si mesmo. O uso habitual de alimentos ou potitos industriais não é recomendado, já que com freqüência levam adição de açúcar ou a textura é tão fina que não ajudam a criança na hora de aprender a mastigar e reconhecer sabores por estar ultratriturados e muito misturados os ingredientes.


3. Todos nós comemos o mesmo


Não há necessidade de preparar comida para a família e para o bebê ou criança. Deste modo, você economiza tempo e ganha saúde, pois se estará obrigado a escolher alimentos saudáveis e cozinhar sem sal nem comprimidos “caldo”. Se, depois, no prato de um adulto deseja mais temperos, sempre tem a oportunidade de incorporá-los, mas é preferível usar ervas aromáticas e especiarias, sal.


4. E comemos em família


Decorrente do ponto anterior, surge a recomendação de comer em família. Assim, o pequeno certificar-se de que o natural, o normal é comer o que está na mesa e verifica que seus entes mais queridos comem o mesmo que ele (só encontrará diferença, talvez, o tamanho e consistência de alguns alimentos). Em mais de uma ocasião, ouvimos a pergunta para que o bebê prefere o que fazem os pais (estende a mão para seus pratos) mingau ultratriturada, teoricamente elaborada e desenhada para eles, com montes de cereais e vitaminas, que estão “empurrando” com uma colher e distrações diversas.


5. Comer com a mão… por que não?


Permitir tocar e manipular a comida, embora não seja um bebê, você pode ajuda-lo a encontrar mais prazer em comer. Pegar com a mão um atraente e doradito coxa de frango, para comê-lo com petiscos, ou pegar o macarrão com as mãos tem muito mais apelo sensorial que comê-las, já cortados e com um garfo. Na hora de adquirir hábitos sociais, a mesa pode ser adiado.

Imagem: oksun70

6. Oferecer rações adequadas à sua idade e tamanho


Muitas meninas e meninos de dois ou três anos pesam, em média, cerca de 12 a 14 kg e pode comer a temporadas igual ou menos que um bebê de oito meses que tem um ritmo de crescimento mais elevado. Por isso, a idade não é sempre marca a quantidade e é melhor oferecer porções adequadas a seu costume (todas as famílias sabem qual é o “ritmo” de seus filhos), que costuma ser menos quantidade do que se lhes coloca. Podem repetir no caso de que dão mostras inequívocas de ter mais fome. Um prato com “pouca” comida pesa menos de um menino, que um platazo cheio. Às vezes, a quantidade de alimento a oferecer, não coincide com o que realmente precisa de uma criança, porque os pais tendem a sobrevalorizar as suas necessidades.


7. Comida bonita, mas sem ultrapassar


O argumento de apresentar de forma colorida e atraente a comida no prato é recorrente quando se aborda este tema, embora também não se trata de fazer a cada dia cobras com macarrão ou representar quadros de Miró com as ervilhas, o pimentão e pedaços de frango. A fome, as suas preferências e nosso exemplo são os fatores que fazem com que o oferecido no prato é consumido com bom gosto.


8. Opções sim, mas não há a necessidade de um buffet livre


Mas não se deve forçar a comer, também não há que montar um buffet livre com 20 possibilidades a cada dia. Em seu lugar, poderia servir como uma humilde carta do tipo “menu do dia”, com 2 ou 3 opções para que a criança escolher, sabendo que todas foram alguma vez do seu agrado. Se você optar por colocar algo de novo e o rejeita, é conveniente esperar algumas semanas antes de voltar a disponibilizá. Talvez tenha que presentárselo várias vezes no futuro, antes de se qualificar para esse prato ou alimento como nulo interesse para ele.


9. Não beliscar entre as refeições nem meter pressa


Não beliscar entre as refeições é a melhor maneira de chegar às duas refeições principais (almoço e jantar), com vontade de atacar o prato oferecido. Em muitos casos, a cada duas ou três horas, os pequenos são incentivados a comer algo ou se substitui a refeição por leite ou outros produtos lácteos. O excesso de leite em muitos menores desloca, passado um ano de vida, outros alimentos de elevado interesse nutricional. No que diz respeito ao tempo dedicado à comida, convém não meter apressar , nem ficar uma ou duas horas, com o prato na frente da criança, mesmo que seja em atitude “pacífica” e “paciente”.


10. O exemplo, sempre o exemplo


A melhor e única forma de educar, tanto na mesa como na vida, é com o exemplo. Se os familiares comem, de maneira regular e normal, alimentos saudáveis a cada dia e não há em casa produtos insanos, nem se olham telas para todas as horas, os pequenos vão acabar, a médio e longo prazo, imitando o que vêem. Daí a importância de que os refeitórios escolares e nas casas de familiares e amigos, também eles reinem as mesmas costumes.