Browse Category

Noticias

20 Dicas Para Emagrecer Malucas Que Dão Certo

Perder peso para conquistar uma boa forma pode se tornar uma compulsão tão grande, que determinadas pessoas se aventuram a cometer alguns atos que nos levam a refletir quais são as próximas atitudes escolhidas para nos surpreender.

Os hábitos atuais não colaboram muito para que as pessoas mantenham a boa forma tão facilmente, e a maioria daquelas que acreditam estar acima do peso ignoram todas as dicas para emagrecer saudáveis e inovam cada dia mais nas atitudes a fim de emagrecer.

O objetivo é perder peso, a saúde passa a ser posta em segundo plano, mas você acredita que essa é uma boa escolha? Será que perder peso a qualquer custo pode ser realmente um benefício sem qualquer prejuízo? Agora você poderá conhecer algumas dicas para emagrecer saudáveis e interessantes, e sem muitas descrições, poderá inclusive refletir se essas medidas são cabíveis ou não.

1. Cheirar hortelã, maçã ou banana

Pois é, estudos afirmam que ao cheirar esses alimentos com mais frequência, pode-se perder significativamente peso, pois há um envio de mensagem para seu cérebro, a fim de informá-lo que você está se alimentando, assim reduzindo o sentimento de fome e auxiliando na perda de peso. O método foi utilizado pelo Dr. Alan R.Hirsch do Smell & Taste tratment Research Foundation, em Chicago. Esse estudo contou com a colaboração de 3.000 voluntários.

2. Comer mais no café da manhã e gradativamente menos nas refeições seguintes

Isso é levado a sério por diversas pessoas, e é uma das dicas para emagrecer mais batidas já. Faz jus ao conhecido ditado: “Tome café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um mendigo”. Os estudos apontam que mulheres obesas que consumiram 700 calorias no café da manha, 500 no almoço e 200 no jantar perderam mais peso que outras que reservaram as refeições mais calóricas para o período noturno.

3. Correspondência com exercício físico

Essa atitude pode ajudar você a queimar mais calorias do que imagina. Ela pode ser adotada por pessoas que adiam o início da prática de exercícios físicos. Recomenda-se que ao buscar sua correspondência, você faça uma caminhada em torno de sua casa ou condomínio, ou suba e desça de escadas. Afirma-se que essas pequenas atitudes podem contribuir com a queima de 35 a 140 calorias por sessão.

4. Fita em torno da barriga

Conviver com uma fita em volta da cintura pode ser uma das dicas para emagrecer mais malucas que você já ouviu falar. Pois é, há pessoas que mantêm uma fita envolvida em sua cintura, para manter um controle sobre as medidas reduzidas ou não. Ao notar que a fita está um pouco mais justa, a pessoa pode regular sua alimentação para emagrecer e notar a fita mais frouxa. O método pode servir como alerta. A fita é posta em torno da cintura e fica sob as roupas.

5. Espelho em uma parede próxima à mesa de jantar

Essa atitude pode gerar reflexão. No momento em que você estiver realizando suas refeições e pensar em exagerar nas medidas, poderá olhar para o espelho e refletir sobre seu condicionamento físico atual. Estudos afirmam ter descoberto que comer na frente de espelhos pode levar as pessoas a comerem apenas 1/3 do desejado. Olhar-se no espelho reflete os padrões e metas estabelecidas para serem conquistadas, o que leva as pessoas a lembrarem do real motivo pelo qual estão tentando emagrecer.

6. Fotografe sua refeição

A nutricionista Joan Salge Brake afirma que ao registrar uma refeição, você poderá rever essas imagens e até reduzir a ingestão de refeições futuras. Essas fotos podem levar as pessoas a pararem e refletirem antes de consumirem qualquer alimento que não se enquadre aos alimentos recomendados nas dicas para emagrecer.

Vale ressaltar que, mesmo sendo pratos saudáveis, as refeições devem ser registradas. Já pensou em registrar um delicioso bolo de chocolate? Você pode ter caído nessa tentação na semana passada, mas será que ao relembrar esse deslize, você repetirá o erro?

7. Manter os doces embalados

Sabemos que os doces são uns dos principais vilões de dietas para emagrecer. Essa dica pode parecer simples, mas muitas pessoas ignoram-na apenas para se deliciar com o sabor incomum do açúcar. A recomendação é que você mantenha os doces embalados.

A ideia é que você se sinta menos motivado para desembalar esses alimentos, assim adiando ou desconsiderando a possibilidade de comer esses alimentos que são completamente inadequados para uma dieta de perda de peso. Você acredita que embalagens podem reduzir a possibilidade de consumo de doces?

8. Acender uma vela com aroma de baunilha após o jantar

Afirma-se que o aroma oferecido pela vela pode reduzir os desejos de comer sobremesas. Foi utilizado um grupo de em média 160 voluntários, e é dito que eles perderam cerca de quatro quilos e meio. Será que as reações referentes ao olfato podem reduzir o desejo de comer?

9. Abuse da cor azul

O estudo sobre as influências das cores afirma que a cor azul pode reduzir o apetite, assim colaborando para o menor consumo calórico, e consequentemente resultando no emagrecimento. Podemos notar que os fast foods não são decorados com essa cor, exatamente devido à ação de supressor de apetite. É afirmado que pessoas que dormem em quartos de coloração azul comem cerca de 33% a menos. Você pode comer em pratos azuis, usar roupas azuis, toalhas de mesa azuis também podem ser uma ótima opção. Recomenda-se evitar as cores laranja, amarelo e vermelho, pois essas são utilizadas para incentivar o consumo de mais alimentos.

10. Ponha músicas altas e mantenha as luzes acesas

Afirma-se que o ambiente calmo e sereno dos restaurantes é completamente proposital. A atmosfera calma é utilizada para induzir você a consumir mais comida. A baixa iluminação colabora para que você se sinta mais confortável em continuar comendo. Já as músicas calmas tocando ao fundo podem incentivar a uma mastigação mais agradável, assim induzindo à mastigação contínua, a qual induz à maior ingestão calórica.

11. Coma menos três mordidas de cada refeição

A ideia é que você interrompa sua refeição, assim deixando de ingerir cerca de três medidas a serem levadas à boca. Afirma-se que ao consumir menos 3 garfadas em cada refeição, você poderá consumir até 100 calorias a menos por dia. Obviamente que isso depende das porções postas no seu prato, não adianta você preparar porções grandes e que não colaborarão para o seu emagrecimento.

12. Envolva o corpo com plástico

Dentre estas dicas para emagrecer, essa é uma das mais loucas, e populares ao mesmo. Diversas pessoas adotam essa medida para perder peso de forma emergencial. O plástico recomendado é o PVC e pode ocasionar a perda de peso, mas é fundamental ressaltar que essa não pode ser considerada uma perda de peso saudável, já que induz à eliminação de líquidos, induzindo inclusive a perda de nutrientes que podem ser fundamentais para o bom funcionamento de seu organismo. Essa dica pode dar certo? Evidentemente que sim, mas é importante se conscientizar que o peso perdido não será de gorduras.

13. Hipnotismo

Há pessoas que acreditam que o hipnotismo pode auxiliar na redução de consumo calórico. Pesquisas mostram que os indivíduos que tentam perder peso com hipnose podem perder alguns quilos a mais, principalmente se a prática for conciliada junto com exercícios físicos e dieta. Se a hipnose oferece melhores resultados, se unida a hábitos saudáveis, será que ela realmente pode ser uma das dicas para emagrecer confiáveis?

14. Perder peso dormindo

Um dos maiores prazeres é dormir bem. Essa dica pode ser seguida por todo mundo, pois todos aprovam o hábito de dormir. Os distúrbios envolvendo o sono são os mais responsáveis pela dificuldade na perda de peso. A adoção do sono durante o dia e a noite pode intensificar a queima calórica, principalmente porque é enquanto você dorme, que seu corpo se regenera e se recupera dos impactos oferecidos pelos exercícios físicos e também da dieta adotada. O sono pode regular o funcionamento de seu organismo e ainda curar diversos danos devido ao desgaste diário.

15. Beber água quando estiver com fome

O consumo de água é fundamental para aqueles que desejam perder peso, mas basear o cardápio apenas no consumo da bebida pode se tornar uma loucura. Esta dica recomenda que você beba quantos copos de água desejar, independente do horário, sua refeição deve ser substituída pelo consumo de água, pois ela é apontada como fornecedora de saciedade, assim contribuindo para que você consuma menos calorias. A água pode manter seu corpo hidratado e auxiliar no emagrecimento, mas é fundamental que você saiba que ela não contém todos os nutrientes indispensáveis para seu corpo se manter saudável e imune a qualquer reação externa.

16. Preparar pratos sem beleza

Podemos reconhecer que uma refeição com boa aparência pode despertar ainda mais o desejo de consumi-la completamente. Por isso uma das dicas para emagrecer é preparar uma refeição sem beleza, induzindo que você se sinta menos atraído pela comida, assim desconsiderando-a ou levando ao baixo consumo calórico.

17. Eliminar o carboidrato da alimentação

Essa dica conta inclusive com dietas voltadas para uma alimentação sem carboidrato algum no plano alimentar. Contrariando algumas afirmativas envolvendo esse nutriente, ele não pode ser dispensado tão facilmente para o seu emagrecimento. Essa dica maluca se resume a eliminá-lo de qualquer refeição por tempo indeterminado.

Você pode acreditar que eles podem colaborar para o seu emagrecimento, mas extraí-lo do cardápio pode acarretar diversas consequências para o seu corpo. Você perderá peso? Provavelmente, mas não é uma forma saudável de emagrecer, então atente para essa prática e veja se vale a pena ou não.

18. Prepare o prato somente para admirá-lo visualmente

Você está acostumado a preparar um prato bonito e atraente para ser degustado com paciência e prazer. Essa dica recomenda que você não se sinta desmotivado na preparação da refeição, é fundamental que você prepare um prato belo e com características que lhe atraia. Você deve prepará-lo e se pôr diante dele. O objetivo é que você possa admirar, mas jamais, em hipótese alguma, consumir qualquer alimento contido nele, pois você deve refletir sobre as metas determinadas a serem alcançadas.

Você deve se manter diante da refeição e olhá-la até se sentir saciado ou enjoado, assim reduzindo a possibilidade de consumo calórico. Pode parecer maluco demais isso, mas a lógica por trás é que você está quebrando o impulso de comer e pensando sobre sua escolha e como ela faz mal a você.

19. Comer azeitona

O mal estar pode ser mais comum para pessoas que não seguem dietas ricas em nutrientes e voltadas para um emagrecimento eficiente e seguro. A má alimentação pode oferecer diversas consequências que nós não podemos mensurar. O objetivo dessa dica maluca é que seja consumida 1 azeitona no momento de fome. Não é permitido o consumo de mais azeitonas, a dica é que apenas uma seja ingerida, mas quem sobrevive comendo azeitonas?

20. Tire foto de você

Se você está insatisfeito com a sua aparência física atual, ou se te incomoda lembrar como já foi, é recomendado que você frequentemente analise como não gostaria de permanecer sendo ou como deseja voltar a ser. Essa dica pode contribuir para que a pessoa se sinta com a auto-estima bem baixa, mas é utilizada como choque de realidade, para que não cometa erros que possam comprometer sua condição física atual.

As fotos devem se manter em local exposto ou em fácil acesso para você refletir em qualquer momento e em qualquer lugar. Será essa uma medida correta? Ela pode se tornar um incômodo e talvez prejudicar o progresso no emagrecimento.

Dica principal

É importante que você reflita que essas dicas para emagrecer podem oferecer riscos e principalmente acarretar consequências que podem ser dificilmente revertidas. Busque emagrecer de forma saudável e livre de perigos para a sua saúde. Priorize sua qualidade de vida e bem-estar, o seu corpo se manterá em forma caso você adote os hábitos saudáveis, e o fundamental, de forma natural, sem qualquer imposição ou métodos malucos que não garantirão eficiência comprovada para emagrecimento.

Leia e releia essas dicas para emagrecer, mas atente e considere que elas podem servir de parâmetro para que você desconsidere o que deve ser feito ou não. O acompanhamento de um médico é fundamental para você reconhecer que elas não contribuirão de forma eficiente, como muitas são divulgadas.

Confira também: BodyFit Caps onde comprar? Lançamento do nicho de emagrecimento que chegou no Brasil: BodyFit Caps emagrecedor natural que vem auxiliando milhares de brasileiras em todo país a eliminar gordura localizada.

Andropausa: A menopausa masculina

Não se trata de uma doença, mas de um processo de mudança no corpo do homem, acompanhado de certas perturbações psicológicas. Falamos da andropausa –conhecida popularmente como a “menopausa masculina”.

Uma nova sexualidade na maturidade

Se assim o queremos, todos nós podemos continuar desfrutando de uma sexualidade plena e satisfatória também na maturidade.

Muitos homens lhes afeta psicologicamente que sua vida sexual não seja a mesma que quando eram jovens, mas se conhecem e fazem frente com uma atitude positiva para as mudanças que implica ir cumprindo anos, podem desfrutar de uma nova sexualidade, tanto ou mais satisfatória do que antes.

Não se trata de uma doença, mas de um processo de mudança no corpo do homem, acompanhado de certas perturbações psicológicas. Falamos da andropausa –conhecida popularmente como a “menopausa masculina”, um processo natural associado ao envelhecimento, que aparece como consequência, principalmente, de uma diminuição nos níveis de testosterona no organismo.

A andropausa não afeta a todos os homens, mas sim para muitos deles, por isso que saber reagir a ela ajuda a superar o pequeno solavanco anímico que supõe sua chegada.

Por que ocorre?

  • As mudanças fazem parte do envelhecimento natural. Não obstante, não se pode prever quem terá sintomas, qual será a idade de início, nem que os sintomas terá cada pessoa.
  • Por fatores diversos, como a herança familiar, a obesidade, o estresse, as doenças cardiovasculares e de tiróide, diabetes ou abuso de tabaco, álcool ou drogas.
  • Por alterações hormonais, principalmente pela queda dos níveis normais de testosterona (hormônio determinante da sexualidade masculina). Esses distúrbios não são que sejam atribuíveis apenas a idade, mas também a fatores externos, como ter estado exposto de forma continuada a pesticidas ou inseticidas.

O que tratamentos existem?

Basta um exame de sangue completo para saber se os níveis de hormônios masculinos são os mais corretos. Se é detectada uma queda significativa, o habitual é que o médico prescreva um tratamento que consiste na administração de testosterona de vida.

Este mesmo exame de sangue servirá para descartar possíveis contra-indicações, como são os casos de câncer de próstata, de mama ou de fígado.

Teria que avaliar o seu emprego em homens com disfunção hepática, cardíaca ou renal, edemas, aumento do tamanho da próstata, diabetes, colesterol alto, enxaquecas, epilepsia e tratamento anticoagulante.

  • Em Portugal o tratamento habitual é administrado por via intramuscular a cada duas ou três semanas. Em outros países são vendidos adesivos de testosterona.
  • Atualmente, são investigadas as possibilidades de os implantes cutâneos de patches que lançado testosterona à medida que o organismo requer. O uso correto do tratamento com testosterona é seguro, mas pode ser muito perigoso um uso indiscriminado e sem controle. Por este motivo, confiar no médico e nas suas recomendações para vencer a andropausa é uma garantia de saúde.

Mudanças sutis, parecidos com os das mulheres

Enquanto a mulher o desaparecimento de hormônios dá lugar a drásticas mudanças, como o fim da menstruação e a capacidade para ter filhos, o homem se produzem mudanças mais sutis e graduais:

  • Muda o caráter, os hábitos de sono, o humor e a energia em geral.
  • Há risco de osteoporose por enfraquecimento dos ossos. Pode aumentar a gordura corporal e diminuir a força muscular e a agilidade. Acentua-Se o risco cardiovascular. Pode apreciar-se uma maior secura da pele e o cabelo.
  • Quanto à sexualidade, reduzem-se o desejo e a freqüência das ereções, com uma menor rigidez do pénis em erecção e a necessidade de maior estimulação física. Diminuem também a força e o volume da ejaculação, embora mantendo-se a capacidade para alcançar o orgasmo. Ao contrário do que a mulher, a possibilidade de ter filhos, pode ficar até idades avançadas.

5 chaves para sobrellevarla

  • Cuida ao máximo a sua alimentação. Reduz o consumo de gorduras e toma mais frutas, legumes, verduras, peixe e frutos secos. E não abuses de sal.
  • Faça um pouco de exercício a cada dia para melhorar a sua circulação sanguínea, fortalecer os músculos e aumentar a sua energia e vitalidade.
  • Controle o seu stress, e que acelera o processo de andropausa.
  • Faça cúmplice, seu companheiro de seus medos e problemas. Te ajudará a viver as mudanças de forma natural.
  • Leva uma vida saudável: eliminar o tabaco e o álcool.

Até 52% dos homens pode ter esta síndrome, que vai além da falta de ereção.

O carinho e a cumplicidade do casal ajudam a superar os inconvenientes da andropausa.

‘A casa de papel’: loucura mundial da série espanhola que a Turquia quer proibir

Um grupo de criminosos tenta roubar um caixa eletrônico no Chile vestidos com máscaras de Dalí. Os trabalhadores bancários em Buenos Aires se mobilizam em busca de um acordo salarial e lhe cantam ao governo “somos bancários, queremos aumento e Macri chau, Macri chau, Macri chau chau chau” versionando o canto guerrilheiro “Bella Ciao“. Os seguidores de um time de futebol saudita amenizaron o arranque de um jogo de computador com um tifo em que também se viam as máscaras do pintor catalão. O videoclipe de ‘Devagar’, a canção de Luis Fonsi e Daddy Yankee, que desde há meses, é o vídeo mais visto da história do Youtube, sofreu um corte há um par de semanas e onde apareciam os intérpretes se sorrateiramente de uma imagem fixa de uma quadrilha de assaltantes, também mascarados.


O responsável por essa febre por máscaras dalinianas e do retorno às ruas da canção popular italiana se chama Alex Pina. Um roteirista, produtor e criador de televisão navarro que, desde a última quarta-feira, pode se orgulhar de algo que poucos podem: ser o “pai” da série de televisão de língua não-inglesa de vista o gigante mundial do streaming, Netflix. Uma proeza, que foi possível graças ao Professor e seus oito avançados alunos, todos eles protagonistas do fenômeno de moda na televisão mundial, ‘A Casa de Papel’.


Aloña Fernández LarrechiLa ficção televisiva de nosso país goza de uma excelente saúde, enquanto que aqueles que escrevem as séries estão sujeitos às exigências e abusos de canais e produtoras


A ficção produzida pela Antena e a produtora Vancouver Média estreou na pequena tela espanhola, em 2 de maio de 2017, e quatro milhões de espanhóis que se tornou o filme mais visto do ano na Espanha. O desfecho das duas partes em que se dividiu a história contou com o aval de metade de espectadores, mas o trabalho já estava feito e, nesse mesmo ano, ‘A Casa de Papel’, foi premiada com o prêmio “Iris” melhor roteiro e o MiM, melhor direção , entre outros. No mês de dezembro, a produção composta por 15 episódios passou a fazer parte do catálogo da Netflix em meio mundo, com sete capítulos, mas de menor duração. E foi então que nasceu o fenômeno.


“Dei uma oportunidade, porque todo mundo falava dela“, explica Mariel Salgado, jornalista chilena, que colabora com o site especializado Tv Spoiler Alert. Na vizinha Argentina, Cristian Phoyu, editor da seção de séries da web Alta Filme destaca-se que o ruído mediático da produção não provinha da imprensa, mas da “gente comum. No trabalho, em uma reunião de amigos, de repente todos estavam falando de ‘A Casa de Papel’, mas sem a promoção da Netflix. Tinha que ver o que os “cornos” era isso”.

Seqüência da segunda parte de 'A Casa de Papel'. (Antena)

O pouco saudáveis do fim de semana


No México, os usuários do Netflix também se renderam aos encantos do assalto à Fábrica de Moeda e Timbre, e Cecilia Barros, colaboradora de It’s Spoiler Time subiu ao carro depois de “muitos ao meu redor começaram a comentar sobre ‘A Casa de Papel’ assim que decidi dar-lhe uma oportunidade”. E quando o fez, a primeira parte da série “a devorou em um fim de semana“. Um pouco saudáveis, o que coincide com Cristian, mas o que foi mais rápida Mariel, que afirma que demorou três dias para ver toda a produção. “Teria levado menos se tivesse mais tempo livre“, diz o repórter chilena.


Depois de visionados chegaram as análises, e enquanto Cristian esclarece que “não é a melhor série do mundo, “diz que é “muito divertido e não quer ser mais do que é. Entreter com boas ferramentas me parece muito meritórios em tempos onde, após ganhar prêmios e torná-lo séries para passar para a história, muitos produtos acabam sendo insuportavelmente chato.”Para Mariel, a principal crítica reside em que “não conseguimos saber o passado de todos os seus personagens” apesar de que “eu gostei, porque não deixou de me surpreender com as reviravoltas de roteiro”. Para Cecília, por sua parte, a série te prende porque “ter uns ladrões anônimos que buscam “vingar-se” do sistema é interessante, mas a história tem inúmeros buracos no roteiro e alguns momentos são um pouco inconsistentes”.


Todos eles são unânimes em apontar que a produção espanhola foi um sucesso em seu país, “e não dos inflados pela imprensa, “diz Cristian, que acrescenta que “os meios de comunicação argentinos subiram ao ‘A Casa de Papel”, como poucas vezes fizeram com a série” entrevistando o elenco protagonista “em programas que não costumam cobrir nem ficções nacionais. A partir do México, D. F., Cecília diz que “já vi máscaras de Dalí, camisetas e muitas referências a ficção” pelas ruas da capital asteca, enquanto que no Chile, Mariel diz que “a mencionou como a série revolução do momento no Netflix”.

Alba Flores em um quadro de 'A Casa de Papel'. (Antena).

Nairobi, legendas e ficção espanhola


Se tivessem que escolher um personagem, Mariel fica com Denver, o trabalho interpretativo de Jaime Lorente “e o carisma que lhe foi dado ao seu personagem“, enquanto que Cristian e Cecilia correspondem ao aplaudir o trabalho de Alba Flores, encarregada de dar vida a carismática Nairobi. Um personagem que, de acordo com a inquirida mexicana, “foi fazer o seu trabalho e, em nenhum momento, mete a pata, além de ter uma personalidade que se conquista. E eu acho que nestes tempos de luta feminista” aponta “ele faz bem para a tv um personagem dizendo que “começa a matriarca”. Cristian, por seu lado, salienta que “o trabalho de Alba Flores, a quem não conhecia, achei o melhor da série.”


O mais impressionante da experiência televisiva dos três fãs das séries de tv é que, apesar de compartilhar o mesmo idioma que a produção nacional, todos eles a viram com legendas “para não perder nada, já que não é o meu tipo de fala e às vezes me a dificuldade para compreender o que se dizia” trataram-Mariel, enquanto Cristian diz que “perdia-se muito com o jargão” e, por isso, recorreu a eles.


Para o redator argentino, ‘A Casa de Papel’ foi a sua estreia com a ficção espanhola, porque “eu sempre escapado das séries espanholas por um único motivo: a duração excessiva de seus episódios” algo que ajudou “a banda que fez a Netflix”. Mariel por sua parte, diz que também viu a primeira série espanhola de Netflix, ‘As Meninas do Cabo”, e no meu país emitiram ‘Barco’ com grande audiência na tv aberta.” Por último, Cecília aponta que na plataforma de conteúdos tem desfrutado de outras produções do nosso país e “O Ministério do Tempo’ é a minha favorita, mas também adorei ‘Merlí'”.

Imagem de 'A Casa de Papel' (Antena)

O suscetível governo turco


O incontestável sucesso internacional, que também chegou à Itália, Brasil, França e Arábia Saudita contrasta com a reação das altas esferas políticas turcas. Há algumas semanas, o anúncio no Youtube da estreia da segunda parte da série irritou-se as classes dirigentes e, por exemplo, o exalcalde de Ancara Ibrahim Melih dedicou um fio de Twitter para explicar as implicações norte-americanas na produção. Seus quatro milhões de seguidores encontraram com frases tão surpreendentes, como a de que “o ex-assessor de segurança nacional de Obama está sentado à diretoria executiva da Netflix. Seria ingênuo para não ver o dedo dos EUA neste projeto“. Segundo o político, “cada quadro da série tem mensagens subliminares e está fazendo o maior sucesso em países com muitos rebeldes”.


O governo turco solicitou a intervenção da série por “incluir mensagens subliminares que animam a rebelar-se contra o Estado”


Mas a conspiranoia não se limita apenas às classes dirigentes e de acordo com o jornalista Ömer Turan, “a música, os slogans, o figurino, os cenários… Cada quadro inclui mensagem subliminares. Isso deve ser investigado”, porque é muito grave que se permita a emissão de uma série que “incentiva os jovens a se rebelar contra o Estado”. O comentarista político também analisou a relevância dos apelidos dos assaltantes, e sobre o slogan promocional de “Berlim é o nosso pai“, em referência ao personagem de Pedro Alonso, Turan diz que é uma mensagem clara sobre como a Europa e o Ocidente tentam controlar economicamente Turquia. “Isso faz referência a burocracia, a economia, o Banco Central e a subida do dólar. Essa mensagem não é subliminar, é claro e muito internacional”, denunciou.


Melih e Turan solicitaram a intervenção e pesquisa da série por parte do governo turco. Um pedido que não é absurdo em um país em que a nova “lei da internet” permite que as autoridades estudem e regulam os conteúdos de qualquer plataforma de streaming. No caso de que a pesquisa seja bem-sucedida, a produção poderia ser censurada e eliminada do catálogo da Netflix no país. Uma medida lógica em um país em que mais de uma centena de jornalistas estão atrás das grades por “razões políticas”, onde não deve ser fácil encontrar publicidade com hinos tão rudes como aquele que diz “una mattina meu são svegliato e ho incontrato l’invasor. Ou partigiano, portami via, ou bella ciao! bella, ciao! bela, ciao, ciao, ciao!”

‘O Alienista’: as histórias reais por trás do sangrento filme de Netflix – VAMPIRES

Nova York, 1896. A ciência forense é uma disciplina inédita no campo da investigação policial, e as doenças mentais ainda vivem em um limbo, a meio caminho entre as crenças populares e os especialistas que são vistos com desconfiança. A este último grupo pertence o dr. Laszlo Kreizler, um homem que dedicou sua vida ao estudo das patologias mentais e é conhecido na cidade como “o alienista”.


A cidade é um caldeirão de culturas, religiões e raças, e apesar de que a convivência é relativamente pacífica, as forças de segurança e os nova-iorquinos se vêem surpreendidos por um criminoso em série. Suas vítimas são jovens que se vêem obrigados a se prostituir, adolescentes violentamente expulsos por suas famílias, dos que não se preocupa com ninguém. Até que o comissário de polícia, Theodore Roosevelt pede ajuda a Kreizler para pegar o criminoso antes que entres em pânico na cidade.



Aloña Fernández LarrechiLa segunda temporada da série, dirigido por Steven Soderbergh e estrelado por Clive Owen foi lançado esta semana nos EUA e em Portugal


Com este ponto de partida arranca ‘O Alienista’, a produção de TNT, que adapta o romance homônimo de Caleb Carr e desde há uma semana podemos ver em nosso país, graças ao Netflix. Composta por dez episódios, com duração de uma hora, a ficção, que contou com Cary Fukunaga (‘True ‘ Detetive’), e a produção executiva, narra a investigação que Kreizler leva a cabo para pegar o assassino. Um relato calmo e escuro, que conta com vários personagens históricos e move-se entre a realidade e a ficção para construir um thriller cheio de suspense.


Os truculentos eventos que cercam os crimes, assim como o assassino em série, não fizeram parte da realidade da cidade dos arranha-céus, e são produto da imaginação de Carr. Um conhecido historiador militar norte-americano, que nos anos 90, escolheu a ficção e enganou seu editor para publicar este livro, fazendo-o crer que era uma história real. Uma mentira parcialmente, desde que o autor se serviu de personagens e lugares reais para construir uma história tão intrigante como emotivo. Estes são alguns dos fatos históricos que ajudaram a dar forma à sua bem-sucedida novela.

Brian Geraghty caracterizado como Theodore Roosevelt. (Netflix)

Roosevelt, de diretor presidente


Antes de se tornar o vigésimo sexto presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt, ele construiu uma carreira política no estado de Nova York. Após concluir seus estudos de História na Universidade de Harvard, em 1880, casou-se e, dois dias após o nascimento de sua primeira filha, viúva, horas depois de que se morresse a sua própria mãe. Estas tragédias que o levaram a retirar-se para uma fazenda na Dakota do Norte.


Depois de viver alguns anos como um verdadeiro cowboy, em 1886, que regressa a Nova Iorque e reinicia sua carreira política. O presidente Benjamin Harrison nomeou-o membro de uma comissão sobre os funcionários federais, um cargo que lhe serviu para dar o salto e dirigir a prefeitura de polícia de Nova York a partir de abril de 1895. Um lugar em que se manteve dois anos, e desde que aplicou medidas como o “domingo seco”, com o qual tratou de pôr fim ao alcoolismo no corpo.


Posteriormente tornou-se secretário-adjunto para a Marinha e a partir de 1899 até 1901, ocupou o cargo de governador de Nova York, até que, em março desse ano, passou a ser Vice-presidente dos Estados Unidos. Seis meses depois viria a ascender à presidência, cargo em que permaneceu oito anos.

Dakota Fanning em uma imagem de 'O Alienista'. (Netflix)

A primeira mulher do corpo


Dakota Fanning interpreta a decidida Sarah Howard, da secretaria de Roosevelt de que o Dr. É convidado a fazer parte de sua equipe de pesquisa. Ao longo de dez episódios, a audiência é testemunha do machismo diário, o que Howard devia fazer frente, apoiando os comentários de seus superiores e os olhares de desconfiança de seus companheiros. Para não falar dos orinales presentes em várias cenas, e em que os homens vaciaban a bexiga quando achavam necessário.


A primeira mulher que trabalhou no departamento de polícia de Nova York foi a Minnie Gertrude Kelly, em maio de 1895. E foi contratada por Roosevelt para reduzir custos, já que ela pagaria por ano 1.700 dólares, enquanto os dois homens que substituiu recebiam um salário de 2.900 dólares pelo mesmo trabalho. Duas décadas depois, Isabella Goodwin , e se tornou a primeira mulher detetive do corpo e da história dos Estados Unidos.

Roosevelt junto a J. P. Morgan em uma imagem de 'O Alienista'. (Netflix)

Os personagens reais


A idade de ouro da cidade de arranha-céus apurava seus últimos anos, e a cidade variou entre as luxuosas mansões da Quinta Avenida e a sujeira e a pobreza das ruas do Bowery. A investigação do alienista e seus aliados leva-o a mover-se por ambos os cenários, e em suas tramas se escapam personalidades da sociedade americana da época.


O personagem interpretado por Brian Geraghty, Theodore Roosevelt, posa ao lado de um homem com uma atraente nariz sonrojada, John Pierpont Morgan. O empresário, banqueiro e colecionador de arte fundamental na alta sociedade da época, aquela a que ele se refere quando lembra Roosevelt as implicações que tem o seu empenho em resolver o caso.


‘O belo’ Vanderbilt, patriarca da conhecida família e responsável pela expansão da estrada de ferro e de barcos de vapor é outro dos magnatas mais importantes do país que representa a classe privilegiada da cidade . Ao igual que a ativista e abolicionista Elizabeth Cady Stanton e o fato de o advogado Clarence Darrow, que também podemos ver de vez em quando em algumas das tramas de ‘O Alienista’.

Imagem da entrada do conhecido restaurante de nova york 'Delmonico'.

Delmonico, o restaurante da moda


Pietro e Giovanni Delmonico, dois irmãos suíços, inauguraram sua primeira loja, em 1827, e quatro anos depois já se tornaram o restaurante mais conhecido em todo o país durante o século XIX. Sua revolucionária carta, com pratos como ovos à Benedictine ou lagosta Newburg lhe permitiram crescer e multiplicar-se ao longo de todo Manhattan. E entre os seus clientes habituais encontravam-se nomes como Mark Twain, os referidos Theodore Roosevelt e J. P Morgan ou os escritores Charles Dickens e Oscar Wilde.


Ao igual que fizeram Henry James e Francis Scott Fitzgerald em alguma de suas novelas, Carr faz do restaurante um personagem de seu romance, que na época em que estava localizado no prédio de Beaver Street que ainda conserva seu nome. Um dos locais habituais em que os meios de comunicação buscavam a notícia já fosse para escrever os obituaries de seu pessoal, como para recolher as visitas mais famosos ou os tiroteios ocasionais.

Imagem de um dos cenários de 'O Alienista'. (Netflix)

Nova York no final do século XIX


Tal como demonstrou ‘The Knick’, retratando a cidade de Nova Iorque, há dois séculos é mais complicado do que parece. Mas Mara LePere-Schoop, a desenhista de produção de ‘O Alienista’ realizou um trabalho consciente e o resultado é evidente na série. Mas antes de encontrar os locais em que a cidade se deslocaria ao passado, LePere-Schoop passou quatro meses tentando resolver a logística de produção e como ela mesma reconheceu em uma entrevista, estiveram a ponto de jogar a toalha. Então, a designer buscou em arquivos de fotos, livros e planos de construção antigos como era a cidade dos arranha-céus quando estes eram apenas um projeto. E alguém lhe perguntou se eu tinha pensado em Budapeste alternativa a uma Nova York tão moderno que o fazia logisticamente impossível.


A ponte de Williamsburg, em que aparece o primeiro cadáver foi recriado em um set de filmagem e para recriar a ascensão do artista Moore ao local dos fatos, o cenário se situou a 15 metros de altura.


Para filmar em interiores como o conhecido restaurante anteriormente citado, o equipamento da série serviu-se de algumas das salas da Biblioteca Metropolitana Ervin Szabó, enquanto que para recriar a mansão do Dr. Laszlo Kreizler trabalharam durante três meses para criar objetos e elementos decorativos, como vitrais que vemos várias vezes no segundo andar do edifício.


A ponte de Williamsburg, em que aparece o primeiro cadáver foi recriado em um set de filmagem e para recriar a ascensão do artista Moore ao local dos fatos, o cenário se situou a 15 metros de altura, um terço da altura da edificação, mas o suficiente para criar o efeito audiovisual desejado e angustiar os intérpretes pouco amigos das alturas. Quanto ao resto das cenas externas, a produção construiu desde os alicerces, e com todo o detalhe, dez blocos de edifícios que vemos passear, correr ou conversar com muitos dos personagens da produção.


Em suma, um ingente trabalho de cenografia, figurino e design de produção, o que deu como resultado a produção mais cara de TNT, a cadeia original da série, com um orçamento de cinco milhões de dólares por capítulo.

Os benefícios de tomar o café

Assim como na Inglaterra existe a hora de tomar o chá ou na argentina o hábito de compartilhar o mate; na Colômbia, e em diferentes países do mundo, foi se expandindo a uma tendência por ‘aprender’ a tomar café, e fazer parte da cultura que se cria o ambiente ao seu consumo. Apesar disso, ainda existem diversos mitos que o qualificam de nocivo.

Tudo em excesso é ruim, e é a primeira coisa que devemos ter em conta; além disso, assim como nós gostamos de escolher se colocamos leite, adoçante, creme de chantilly, se assim preferimos, no período da manhã ou depois do almoço; reconhecer a qualidade do café que tomamos é muito valioso para poder escolher um com todas as características e benefícios de um bom café.

Temos convidado a Isabel Cristina Mejía e Santiago Granada Botero, o café, por natureza, para desmentir os mitos e nos falar sobre os benefícios do consumo frequente de café, veja abaixo.

Mas, além de seu efeito estimulante, dos benefícios para a saúde e de ser uma tradição que herdamos, tomar uma xícara de café é um ritual, onde, através do olfato e o gosto, vamos mergulhar em uma experiência sensorial; além disso, se você gosta em um ambiente agradável e, na companhia de familiares ou amigos, nos chamados ‘coffee shops’, se torna o ponto de encontro perfeito para ativar a vida social, enquanto bebe o café sorvo a sorvo.

Esse momento maravilhoso, que se cria ao reunir-nos em torno do café, é ainda mais interessante quando o barista, que é o especialista em prepará-lo, nos conta a história que há por trás dele, as famílias caficultoras, das montanhas de onde vem, do tempo e de todos os cuidados que requer para que esse produto chegue a nós em excelentes condições e com qualidades únicas.

A fragrância, que ocorre no grão torrado, moído na hora, e o aroma ao prepará-lo; o momento em que levamos o primeiro gole de café à boca para perceber, com a língua e o paladar, sabores: ácido, cítricos, doces, amargos; com notas de caramelo, chocolate, manga, pêssego, rosas, assim como o corpo e os sabores residuais que nos deixa; são experiências que se podem viver, soberbamente, a preparação e o consumo de cafés especiais e de origem, os diferentes métodos de filtragem ou extração que existem.

Método de filtragem Chemex

Método de filtragem Chemex

Método de filtragem Sifão-Japonês

Método de filtragem Sifão-Japonês

Método de filtragem Aeropress

Método de filtragem Aeropress

Método de filtragem Imprensa Francesa

Método de filtragem Imprensa Francesa

Quais outros benefícios você conhece esta deliciosa e ancestral bebida? Qual é a sua hora favorita para tomá-la?

Compartilhe conosco a sua opinião!

Um grupo de profissionais em diferentes áreas da saúde está à sua disposição para resolver as suas preocupações.

Fale com nossos especialistas

Dicas para ajudar os animais sem lar

A radiografia de posse de animais em nosso país desenha um mapa pouco responsável: cerca de 140.000 cães e gatos são abandonados em Portugal a cada ano, e isso que a maioria deles tinham sido comprados. E é que apenas um em cada dez cães ou gatos que vivem com uma família espanhola tem sido adotado, enquanto que a sua aquisição é a primeira opção, de acordo com o ‘Estudo de Abandono e Adoção 2017’ da Fundação Affinity. Perante esta situação, como ajudar os cães e gatos sem lar? Alejandra Mier, secretária da Fundação para a Protecção dos Animais e do Principado de Astúrias (conhecida como A Protetora), dá dez dicas para alcançá-lo.

1. Adote um amigo

A melhor maneira de ajudar os animais sem lar é adotá-los. As protetoras há muitos gatos e cães grandes com um carácter excepcional. Mas existem pessoas que ainda pensam que um animal abandonado tem algum problema e, na verdade, na maioria dos casos, não há mais dilema que ter caído em um lar irresponsável.

Milhares de cães e gatos esperam por uma família em protetores de animais de toda a Espanha e centros de recolha municipais. Mas muitos não sabem como adotar ou até mesmo que existe essa opção. É importante saber que há filhotes em busca de casa, que um animal adulto pode se adaptar perfeitamente às nossas vidas, ou que o fato de que um animal está à procura de uma família não significa que tenha problemas; pode ocorrer apenas que alguém não quis ou não pôde mais continuar a pensar.

Adotar é, além disso, uma parte da solução para conseguir uma posse responsável de toda a sociedade e reduzir as taxas de abandono tão terríveis de nosso país. E, acima de tudo, pretendemos que as vítimas, os animais abandonados, encontrem um lar.

2. Se você não pode adotar, ajude como voluntário

E como ajudar quando você não pode tomar? Há, então, dois caminhos. O primeiro, se você dispõe de tempo, mas não de recursos económicos, a melhor opção é ser voluntário de um centro de proteção animal de perto.

3. Se tiver dinheiro, apadrinhe um animal sem lar

E se tem recursos económicos, mas anda escasso de tempo, pode também ajudar os animais sem lar. Há várias formas de colaborar com as protetoras, e todas elas são essenciais para melhorar a vida destes cães e gatos, a fim de que encontrem um lar. Torne-se um parceiro ou padrinho de um animal ou comprar alimentos e outros materiais tão necessários para os centros.

4. Seja casa de acolhimento

Ser casa de acolhimento de animais sem lar é uma opção solidária muito importante para os cães e gatos, e que pode ajudar quando alguém não pode adotar. Muitas associações, e é o caso Da Proteção, que cuidam de todos os gastos do animal até que ele sai família: alimentos, acessórios e despesas veterinários incluídos.

5. Doe alimentos, brinquedos…

As protetoras de animais sempre precisam de recursos e materiais: as mais evidentes são comida, latitas, brinquedos, camas, cobertores, raspadores, arreios, correias…

6. Também dê esfregões ou micro-ondas!

Mas também estes centros fazem falta objetos menos evidentes, entre eles, materiais de limpeza, como esfregões e lixívia, e de manutenção, desde flanges até pequenas ferramentas, além de elementos de kit e até pequenos eletrodomésticos, como microondas.

E há ainda mais formas de ajudar: material impresso para divulgação de adoções, apoiar a recolha de alimentos ou ajudar a captar parceiros.

7. Em busca de veterinários e educadores solidários

Além dos voluntários mais gerais, a ajuda solidária de pessoas com formação em higiene e psicologia dos animais é a chave. Contar com veterinários solidários é essencial, mas também procuram auxiliares para fazer curas.

E agora, além disso, o que mais necessitam de proteção são disponível ou educadores de animais em positivo, para recuperar animais com medos ou problemas de conduta.

8. Use a Internet para dar visibilidade aos animais

As redes sociais são uma grande vitrine para os animais sem lar, mas também está um tanto saturado. O importante é que os anúncios de adoção, que se compartilham ou acreditam tenham alguma informação básica: entre elas, a cidade onde está, a forma de contato e as condições em que se entrega. “Na minha experiência, também é fundamental ser honesto quanto às necessidades ou problemas do animal e oferecer outras informações relevantes, tais como quanto nós acreditamos que você vai crescer, por exemplo”. assegura Alexandra Mier.

9. Fuja das fazendas de filhotes

O amor para com os animais é pouco compatível com a triste tendência de utilizar os cachorros como se fossem objetos descartáveis. E é isso fomentam as chamadas fazendas de filhotes de raça. Em muitas destas instalações ficam cães de raça usados para criar, sem cuidados, com alimentação deficiente e sem carinho nem vigilância veterinária adequada.

“Nós tínhamos visto instalações terríveis de fazendas de filhotes através da Internet, em outros países, mas vê-lo a poucos quilômetros de nossa casa foi muito chocante. Encontrar-se com uma fazenda de filhotes em Astúrias nos colocou em marcha: nós fizemos com as instalações e as transformamos. Também nos encarregamos de 43 cães que malvivían no local, muitos deles ainda em busca de uma casa de adoção. Este novo lar para animais que conseguimos criar é chamado Happy Dog”, conta Mier.

10. E lembre-se (e repetir): adotar é legal

Adotar é uma excelente opção quando se quer aumentar a família com um membro animal. E essa mensagem deve chegar ao grande público. “Se você tem redes sociais, desde o computador todos podem ajudar e encontrar a melhor forma de chegar àqueles que não chegamos e ainda continuam a comprar, em vez de adotar”, propõe a secretaria Da Protetora.

 

Livro Vencendo a Impotência e o seu lado sombrio: conócelo AGORA

Livro Vencendo a Impotência está se tornando um fenômeno mundial, todos os homens estão procurando, perguntando onde podem encontrá-lo, e todos querem ter.

livro vencendo a impotência

E a razão é muito simples, é porque o livro Vencendo a Impotência funciona para acabar com a impotência, disfunção sexual e laeyaculación precoce rápida e naturalmente.

Sobre tudo isso, naturalmente, porque, embora seja verdade que existem medicamentos para a impotência muito eficazes, a dolorosa verdade é que a maioria deles, a longo prazo, produzem muito mais problemas do que os que podem realmente curar.

Por exemplo, verificou-se que os comprimidos azuis, aquelas que vemos anunciadas em todos os lados.

Podem provocar, a longo prazo, problemas irreparable de pressão arterial, além de danos nos rins, a visão, a pele e todo o sistema gástrico.

Em contrapartida, o Livro Vencendo a Impotência PDF ensina um tratamento totalmente natural que quando você segui-lo passo-a-passo resolver o problema da falta de ereção, desde a sua origem.

Porque, como você verá mais adiante, as causas podem ser muito diferentes e somente o livro de Brenda Ponce vai dizer como resolver a impotência curándola desde a sua origem.

Mas antes de continuar e levá-lo a descobrir tudo sobre o livro Vencendo a Impotência eu gostaria de parar por aqui para falar um pouco mais sobre a doença que não se deixa de sentir-se tranquilo, a impotência sexual masculina ou disfunção erétil.

vencendo a impotência livro

A impotência é uma doença que não dói fisicamente, mas que pode ter conseqüências devastadoras da auto-estima de qualquer homem porque é quando um homem não pode atingir uma ereção por mais que você tente.

Ou quando suas ereções não duram tanto.

Isso também é chamada de ejaculação precoce precisamente porque a ereção do homem acaba rápido e eyacula muito antes que a mulher assim que, normalmente, não deixa de atingir o orgasmo.

E o livro Vencendo a Impotência PDF ensina-nos algo mais sobre esta doença, que quando um homem tem ereções onde o pau parece um pouco mole também pode ser considerado como impotência sexual.

Então, se o seu caso se encontre em qualquer uma das 3 circunstâncias que acabamos de ver, pode-se considerar que, oficialmente, você está sofrendo de impotência. No entanto, você deve saber que já existe um tratamento totalmente natural que se cura rápido e sem colocar em risco a sua vida, o tratamento está no livro Vencendo a Impotência e a seguir, você vai conhecer um pouco mais dele.

Que é o livro Vencendo a Impotência

Vencendo a impotência livro de Brenda Ponce, ela é uma treinadora pessoal e especialista em nutrição que um dia descobriu que o Mario, seu marido, estava com o mesmo que eu, você e milhões de homens em todo o mundo.

Porque ele sofria de impotência e não podia alcançar uma erecção, embora o tentasse.

Imagine-se, um casal jovem, com muita vontade de amar e de se perder os momentos de seus corpos e a impotência não os deixava.

Era como estar vivendo o pior dos pesadelos. Assim que seu marido fez o que muitos de nós fizemos nesse caso, foi ver o médico e este lhe prescrever um clássico, um tratamento baseado nas famosas pastillitas azuis.

Ele as uso, mas não por muito tempo, porque, depois de algumas semanas ele começou a se sentir muito mal, cansado, de mau humor, com a visão turva e com a pressão alterada, era como se todos os dias fosse agripado.

Assim que já não podia mais e deixou de tomá-los.

A autora do Livro Vencendo a Impotência Brenda Ponce diante disso só tinha uma opção, usar toda a sua experiência e os seus conhecimentos como técnica e nutricionista para desenvolver um tratamento natural e que durasse para toda a vida.

Assim que se pôs a trabalhar e depois de meses de investigação, de investir muito dinheiro e de escolher entre os melhores tratamentos naturais para a impotência (Ponce, por fim, teve entre suas mãos o que ninguém mais.

Um tratamento totalmente eficaz, natural e que funciona muito bem para curar qualquer tipo de impotência, mesmo que o pênis não possa conseguir uma ereção.

Que não está no livro Vencendo a Impotência

Todo o conhecimento reunido por Brenda Ponce se tornou, com o passar dos dias, Vencendo a Impotência livro em PDF, que reúne o único tratamento natural que ajuda a curar-se em menos do que você imagina.

E para que você tenha uma idéia de como você pode ajudar seguida vou dizer um pouco mais sobre o que você vai encontrar neste que é o único tratamento 100% natural e o melhor para curar a impotência em muito pouco tempo.

Porque só aqui você vai descobrir:

=> As verdadeiras causas da impotência sabia que um simples hábito, como fumar pode provocar impotência?

livro vencendo a impotência pdf

=> A dolorosa verdade sobre os medicamentos para a impotência, que você tem que saber antes de animá-lo a tomar um único comprimido.

=> Os diferentes tipos de impotência, você sabia que há uma impotência psicológica em que o simples estresse pode lhe causar impotência?

=> Como curar os problemas de impotência, de acordo com seu tipo.

=> Quais os alimentos que você deve consumir para ter ereções melhores, mais fortes e mais duradouras.

=> A forma mais rápida para curar a impotência psicológica. Se você não conseguir atingir uma ereção por culpa do stress, os nervos ou a culpa é tua, podes curar-receba em 24 horas!

=> Como acabar para sempre com a ejaculação precoce e muito, mas muito mais o que você pode aprender hoje mesmo no Vencendo a Impotência livro que te ajuda a recuperar a sua vida sexual.

Além disso, o tratamento do livro Vencendo a Impotência vem em PDF assim que você pode levar para onde quiser começar a usá-lo hoje mesmo.

Livro Vencendo a Impotência PDF não vem só

Mas Brenda Ponce é daquelas mulheres que sempre querem um pouco mais, assim que este livro também lhe dá mais do que um simples tratamento para a impotência.

Porque, além disso, ao fazer download deste poderoso livro você vai levar 1 guia em PDF com as 10 melhores posições sexuais para satisfazer qualquer mulher.

Para que, quando você as ereções sua mulher sempre lhe presenteie com um sorriso depois do sexo.

Guia definitivo com os segredos mais bem guardados de como satisfazer qualquer mulher, ouve, escreveu uma rainha e quem é que uma mulher pode nos revelar alguns segredos como esses?

E se você não tem mulher, ou a que você já não gosta também, vai levar uma guia de sedução em apenas 5 passos como você vê?

⇒ Em apenas 5 passos segurados que você vai levar para a cama a qualquer mulher…se, a qualquer um. ⇐

Mas a autora Vencendo a Impotência Brenda Ponce não se cansa e quer nos dar mais e continua a ser mantida e atualizando seu guia constantemente

Assim, também nos entrega uma assinatura para receber as atualizações do seu tratamento constantemente. O que mais você quer?

Olha, melhor vamos fazer uma coisa, PRESSIONE O BOTÃO VERMELHO para saber tudo o que oferece o livro Vencendo a Impotência; use-o e depois falamos…